IZI logo
IZI logo
capa do post

Inovação em Redes de Varejo – Parte 2

Todos os posts

Como vimos na Parte 1, existem diversas alternativas criativas para aprender como a inovação pode trazer mudanças significativas e promover a fidelização dos clientes, atrair novos consumidores, aumentar as vendas, agilizar o atendimento e conquistar promotores para a sua marca.

Está sem ideias? Não se preocupe! Abaixo listamos 5 possibilidades para acompanhar de perto e não perder as tendências do mercado.

1 – Mapas de calor

Câmeras captam imagens que são processadas para garantir a privacidade dos clientes e, após esse processo, são gerados os mapas de calor.

O uso dessa tecnologia no varejo pode ser fundamental no que diz respeito ao marketing, pois ela mapeia todas as áreas da sua loja. Assim é possível descobrir quais são as áreas que mais chamam a atenção do público e aquelas que seus clientes passam menos tempo ou mesmo nem frequentam.

Esses insights podem te ajudar a promover ações e mudanças para que a loja seja homogênea no que diz respeito ao fluxo de clientes em todos os setores ou mesmo saber quais os locais mais visitados para expor produtos que você queira destacar.

2 – Lojas com Self-Checkout e Sem Checkout

O self-checkout funciona como um autoatendimento. Por meio de um caixa automatizado o próprio cliente passa as suas compras, paga e sai da sua loja sem contato direto com um funcionário. Grandes redes de supermercados já entenderam que a tecnologia chegou para este setor e já aderiram a essa inovação.

Há também a possibilidade de uma loja sem checkout.

Para a implantação desse método é necessária a aplicação de muitas outras tecnologias, mas, basicamente, o seu cliente irá controlar pelo próprio celular os itens que está comprando por meio de um aplicativo da sua loja, que estará vinculado com a conta bancária dos consumidores. Assim, será necessário apenas que o consumidor aceite o débito no aplicativo bancário e saia com os produtos.

3 – Software de Gestão

Existem várias opções no mercado e cabe ao lojista decidir qual é a sua necessidade. Os softwares podem lidar com questões de estoque até a gestão de clientes, por exemplo.

A automatização de algumas funções simples ou o registro de dados que nem eram imaginados otimizam o tempo, pode dar maior segurança e auxiliar na criação de uma base de dados para fazer seu planejamento estratégico.

4 – BEACONS

Beacons são aparelhos que usam uma tecnologia bluetooth para se conectar com os celulares e emitir avisos.

No varejo ele pode funcionar para identificar o cliente, saber que ele está no ambiente físico e interagir com ele no ambiente virtual, através do seu celular. Mas a tecnologia só é possível com um software adequado.

5 – OMNI-CHANNEL

Omni-Channel é uma tendência do varejo que tem como base a convergência de todos os canais utilizados por uma empresa, seja virtual ou real. Um exemplo é que o consumidor possa comprar algo na loja online e trocar na loja física. Ou mesmo estar na loja física e fazer o pagamento pela loja online, sem precisar enfrentar uma fila no caixa.

As tecnologias no varejo dão mais opções de canais para que os clientes possam chegar até os produtos. Aqui estão incluídas também vendas pela televisão, catálogos, rádio ou qualquer outro meio. O que importa é integrar todos ao máximo para que o cliente possa escolher por onde chegar até você.

Nosso compromisso é com o avanço do seu negócio por meio da tecnologia.

E aí, pronto para alavancar seu supermercado?

Todos os posts

Compartilhe


Tags