IZI logo
IZI logo
capa do post

Cultura de dados no varejo

Todos os posts

Se termos como big data, análise preditiva e análise descritiva te assustam, então você pode estar perdendo
uma grande oportunidade!

Esses termos estão tornando evidente a necessidade dos varejistas de se adaptarem à um mundo em constante mudança.

É aqui que o processo termina para muitos, no entanto, já que apenas 5% das empresas de varejo se
qualificam como orientadas a dados.

Logo, se você quer diferenciar o seu supermercado, que tal aprender cinco benefícios de se tornar um
varejista orientado a dados?

1. Eficiência em custos:

Parte de se tornar um varejista orientado a dados envolve olhar para a eficiência de cada área do negócio e
de cada canal de marketing. Isso pode ajudar a reduzir os gastos, pois as áreas que não apresentam
desempenho podem ser otimizadas, modificadas ou eliminadas. Isso se estende dos canais de marketing às
lojas cujo desempenho está no vermelho. Independentemente do software, programas ou mensagens que
estão sendo usados, os varejistas podem usar os dados para examinar cada área do negócio para garantir
que todas as ferramentas e táticas sejam as ideais para o sucesso do varejista.

2. Maior adaptabilidade às tendências do consumidor:

A análise das atividades de negócios não se aplica apenas a itens internos, mas também a itens externos. Os
varejistas que monitoram e analisam ativamente as tendências do consumidor podem se manter à frente de
seus concorrentes para manter seu status como o local de destino para itens que estão em alta em
determinado momento. Ao analisar seus comportamentos de compra e testar novos métodos, os varejistas
podem identificar oportunidades para construir a lealdade do consumidor ou ganhar um bom dinheiro com a
popularidade crescente de um produto ou categoria.

3. Maior agilidade nas decisões:


Andando de mãos dadas com a eficiência de custos e tendências de consumo, os varejistas podem responder
e implementar novas estratégias dentro de sua organização para impulsionar um melhor crescimento. Ao
identificar as áreas em que os consumidores estão se conectando ao negócio, ou de onde vêm em busca de
ajuda, os varejistas podem fornecer a equipe ou os recursos necessários para resolver quaisquer problemas e
diminuir o risco de rotatividade.


4. Maior adaptabilidade às oportunidades de negócio:


Novos canais, estratégias e produtos estão surgindo constantemente. Usando uma estratégia baseada em
dados, os varejistas podem identificar oportunidades de tendências antes que elas atinjam a multidão. Os
varejistas podem prestar atenção em como suas ferramentas, estratégias e produtos funcionam ao longo do
tempo para detectar qualquer mudança ou transição nessas áreas para evitar a perda de oportunidades
valiosas. Nosso compromisso é com o avanço do seu negócio por meio da tecnologia.

5. Tornar a experiência do usuário excelente:

Os profissionais de marketing passam uma quantidade significativa de tempo criando e mantendo a marca da
empresa. Esse esforço pode ser visto nos desenhos gráficos que uma marca usa, na aparência da loja e nas
comunicações que uma marca envia. Embora a criação de uma experiência estelar seja importante para atrair
o mercado-alvo de sua marca, o objetivo final é aumentar as vendas e impulsionar a fidelidade do cliente.
Ao implementar softwares que coletam e analisam dados, enviando relatórios interessantes, os varejistas
podem adicionar "pontos de verificação" à sua experiência, onde dados valiosos podem ser coletados para
garantir que a marca exceda as expectativas de seus clientes em cada interação.

E aí, pronto para alavancar seu supermercado?

Abraço da Izi.

Todos os posts

Compartilhe


Tags