IZI logo
IZI logo
capa do post

Economia de energia em supermercados

Todos os posts

A temática da eficiência energética passou a ser estratégica no que se diz respeito ao controle de custos.

Por isso, vamos mostrar 4 maneiras de diminuir o consumo de energia em supermercados adotando
algumas medidas de eficiência energética.

1. Conheça os equipamentos responsáveis pelo maior consumo de energia

Em primeiro lugar, cheque a refrigeração de alimentos e o ar-condicionado. Em segundo lugar, iluminação.

Sabendo disso, você pode fazer um levantamento em seu estabelecimento para verificar quais setores
consomem mais e adotar medidas pontuais para otimizar o uso dos recursos efetivamente.

Algumas dessas medidas não requerem investimentos prévios, somente ajustes organizacionais.

Tenha em mente que juntos, os sistemas de refrigeração e ventilação somam 53% do consumo de
energia em supermercados. Assim, investimentos na manutenção e atualizações nessas áreas são
estratégicos.

Por outro lado, a iluminação é a responsável pela segunda maior parcela de consumo de energia em
supermercados, podendo representar até 23% do consumo total.

Uma das melhores soluções atualmente é investir na substituição de lâmpadas fluorescentes comuns por
sistemas de LED. É estimado que o payback para esse investimento seja de 10 a 12 meses.

2. Escolha a modalidade tarifária mais adequada para seu perfil consumidor

Estudos comprovaram que a alteração da modalidade tarifária pode trazer uma economia de 8,56% no
valor pago na conta de energia no período de um ano. No caso do referido estudo, a tarifa original do
supermercado avaliado era verde e passou a ser azul.

A alteração da modalidade tarifária é um procedimento burocrático que você pode fazer junto à
concessionária de sua região. Não haverá redução do consumo de eletricidade pelo supermercado, mas
uma alteração na forma de cobrança, que fará com que o valor pago seja menor.

Procure especialistas para analisar a sua situação atual e realizar uma análise comparativa para verificar
se a alteração de fato trará benefícios para você.

3. Troque equipamentos obsoletos e faça manutenção periódica

Equipamentos antigos ou com manutenção em atraso são responsáveis por desperdícios enormes e alto
consumo de energia em supermercados. Uma das maneiras de detectar problemas nesse sentido é
verificar se o equipamento está vibrando mais do que deveria ou produzindo muito ruído. Em ambos os
casos, isso pode ser um indicativo de falhas no funcionamento, que podem demandar troca de peças,
limpeza de dutos ou outro procedimento de manutenção.

Como as tecnologias seguem avançando no âmbito da eficiência energética, você perderá dinheiro e
competitividade se não se atualizar.

4. Crie uma cultura de eficiência energética em sua companhia

As pessoas envolvidas precisam estar cientes do papel que desempenham para garantir a eficiência
energética do supermercado.

Por meio de campanhas educativas é possível, por exemplo, ensinar os funcionários a detectarem falhas
ou problemas de funcionamento em refrigeradores e encaminhar protocolos de manutenção. Ações
simples como apagar as luzes quando não estão sendo usadas e o olhar de cuidado quanto à limpeza
dos dutos de ventilação podem ter impacto significativo ao final do mês na conta de energia.

Nosso compromisso é com o avanço do seu negócio por meio da tecnologia.

E aí, pronto para alavancar seu supermercado?

Abraço da Izi =)

Todos os posts

Compartilhe


Tags